O consumidor manda?


As empresas hoje estão cada vez mais interessadas em envolver o consumidor em alguma experiência que faça a marca se tornar algo mais especial para aquela pessoa. Os flashmobs (lembrando do da T-mobile  que já foi postado aqui) são um grande exemplo disso. 

Mas esse tipo de experiência que estou falando vai além desses grandes eventos.

Na palestra de Washington Olivetto no CRIO 2012, ele mostrou um case da Sprite que envolvia a seguinte idéia: foi lançado uma espécie de concurso que os internautas, no site da marca, desenhariam artes para serem colocadas nas latinhas do refrigerante e, acredite, com os nomes dos vencedores. Mas a repercussão foi tão grande que eles resolveram usar os desenhos que não foram para as latinhas em estampas de tênis. Confira:



Outra tendência que percebo é a multiplicidade de lugares que a marca pode aparecer hoje. Perceba que nesse case da Sprite a marca esteve presente na internet, nas redes sociais, nas ruas, nas lojas (tanto supermercados quanto lojas de tênis)... quando vejo isso penso num efeito dominó quando os planejadores desse tipo de campanha pensam em tantas ações, que envolvem muitos outros recursos, mídias, etc.



A Ruffles também teve uma campanha que envolvia o consumidor: você lembra que eles fizeram aquela promoção, "Faça-me um sabor"?

A idéia era que as pessoas enviassem possíveis sabores para a batata da onda. O número de inscritos foi nada mais nada menos do que  1.915.000 de pessoas. O prêmio com certeza justificava essa grande procura: o vencedor ganhou R$20 mil por ter sido finalista + R$30 mil por ter vencido o concurso + 1% sobre o faturamento líquido gerado pelo sabor criado por seis meses a partir do início das vendas (o que fez dele, Helder Lanzoni, uma espécie de sócio da PepsiCo, que é fabricante da marca Elma Chips, Quacker, Pepsi, e muuitas outras.

E como último exemplo, escolhi a promoção da Adidas com o concurso de customização de um par de óculos escuros originals que será lançado em 2013 e que já tem um nome: Santiago. Os que se interessarem tem que enviar seus modelos para a página criada pela plataforma Talenthouse (http://www.facebook.com/adidaseyewear). E o vencedor?

De acordo com o site oficial, o vencedor vai ter a chance de participar da equipe de design da Adidas para finalizar projetos, sem contar com o prêmio de $3 mil dólares. 

Que experiência, hein?

Para saber mais da promoção da Adidas, acesse:

4 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pelo post que ficou muito legal e tratou de um assunto bastante interessante, que é trazer o consumidor para dentro da empresa e ajudar a essa empresa a vender mais, através do aumento do próprio consumo e da propaganda boca a boca entre seus familiares e amigos.

Quem não quer contar para os outros que aquele desenho da latinha que roda o país inteiro não foi feito por ele? Não precisa nem pagar com dinheiro, a recompensa do reconhecimento acaba sendo maior! E para a empresa é sensacional, pois as vendas decolam!

Outros dois bons exemplos são a própria sprite (ou talvez a pepsi, não me lembro bem), que criou uma promoção para os consumidores criarem uma música de fundo para o seu comercial; e o caso do Corinthians, que fez os números das camisas dos seus jogadores com os rostos de diversos torcedores.

Raphael Barra

Ana Miranda disse...

Gostei muito do tema do post! Acho super inovador o que essas marcas tentam fazer hoje pra ganhar destaque no meio de tanta propaganda e de volume de informação. Essas ações realmente marcam o consumidor.

Isabela Guimarães disse...

Obrigada pelos comentários, gente!

E Raphael, não sabia dessas ações.. muito bacanas! Nem precisa dizer que essas marcas conseguiram fidelizar as pessoas que participaram desse tipo de experiência, né?

Outro exemplo que eu gosto de mostrar é o da Coca, que, na Austrália, produziu latinhas e rótulos de garrafa com nomes comuns de lá. Olha só que bacana:

http://comunicadores.info/2011/10/10/coca-cola-coloca-nome-de-pessoas-nos-rotulos-das-garrafas-na-australia/&ei=yLQWUMW9OsW60QHouIDgAg&usg=AFQjCNF3bD7FSldCy6V6MCpQ7lVvuRY0rw

Isabela Guimarães disse...

Aquele link não tá dando, tentem nesse: http://comunicadores.info/2011/10/10/coca-cola-coloca-nome-de-pessoas-nos-rotulos-das-garrafas-na-australia/

 
CRIA Plano © 2010 | Designed by Chica Blogger | Back to top