Bate papo com Sandro Dias no Flugtag Brasília


No último Domingo,26, a CRIA marcou presença no evento Red Bull Flugtag realizado na margem do Lago Paranoá em Brasília.  Confira o post:

A competição envolvia 33 equipes dispostas a tentar voar em um projeto sem motor ou qualquer forma de propulsão que não seja o empurrãosinho dos amigos. Além da distância que o modelo alcançava depois de ser jogado há uma altura de 6,5 metros de altura, os critérios de avaliação consideravam também a criatividade e performance dos mesmos. Cenas hilárias foram presenciadas por mais de 50 mil pessoas no local.

Entre os outros 3 jurados (Maya Gabeira, Digão e Popó) estava presente simplesmente um dos maiores skatistas de todos os tempos. O hexacampeão mundial Sandro Dias, mais conhecido como "Mineirinho".
Logo antes de começar o evento, a CRIA teve a oportunidade de trocar uma idéia com a lenda para o blog.

O skatista nos disse que é sempre um prazer participar dos eventos Red Bull. Questionado sobre quantos já tinha ido ele afirmou já ter pedido a conta. Nos disse que é atleta patrocinado pela empresa de energéticos há mais de 11 anos e nesse tempo já pode presenciar vários. Não só no Brasil, mas no mundo inteiro. 

Perguntei o que ele acha sobre conceito que a Red Bull dá para os eventos e ele respondeu: "A Red Bull sempre tenta fazer coisas diferenciadas de tudo que é normal as outras. O padrão mínimo que eles exigem, seja de diversão ou de qualquer outra coisa, é muito legal. É sempre uma coisa muito bem feita. Quem tiver a oportunidade de ir a um evento Red Bull pode ter certeza que será muito bem produzido e bacana".

Tentando entender o que representava aquela parceria de mais de 11 anos perguntei: Todos sabemos que a Red Bull é reponsável por vender muito mais do que um simples produto, ela vai muito além disso. É responsável por vender um estilo de vida que muitos jovens amantes dos esportes se encaixam. Você acha que se encaixa nele?
Mineirinho respondeu com um sorriso: "Eu acho que eles acham que eu me encaixo... estou com eles há mais de 11 anos. Então acho que durante todo esse tempo minha cara acabou se transformando também em um produto da Red Bull".
Voltando para o evento prestes a acontecer perguntei se ele já havia sido jurado alguma vez antes e ele nos disse que tinha sido pela primeira vez no Flugtag de São Paulo em 2006. Afirmou novamente estar super feliz de estar alí naquele domingão.


Perguntei como skatista, em que as suas habilidades poderiam o ajudar na hora da avaliação das equipes. Sandro Dias respondeu: "Acho que é um evento mais de diversão né? O skate precisa também de muita criatividade na hora de criar manobras... além do fato de o skatista nunca deixar de se divertir e divertir o público que o acompanha. Algo que espero que aconteça aqui hoje".

 E aconteceu, o evento foi sucesso de puro entretenimento.

O que rolou no Flugtag Brasíia!


A 4ª edição brasileira do Red Bull Flugtag aconteceu no domingo, dia 26 de agosto, em Brasília na Concha Acústica, na margem do famoso Lago Paranoá. Com o céu aberto e a expectativa de um grande público, a equipe da Red Bull (com cerca de 1800 pessoas na organização) deixou todos animados com o evento. Com a atração marcada para iniciar às 10 horas, logo após a abertura dos portões (às 08h30min), o público já chegava com muita disposição à procura de um bom lugar para assistir os voos (ou quedas) das aeronaves. Segundo a Polícia Militar do DF, o evento reuniu cerca de 54 mil pessoas. Com apresentação de Márcio Garcia e Tatá Werneck.


Para quem ainda não sabe bem como é, a competição se baseia em uma disputa entre diversas aeronaves (sem nenhuma forma de motor ou impulso, que não seja o da ajuda dos colegas de equipe) construídas por cada equipe. O grupo deve fazer uma performance antes do piloto entrar no avião, que parte de uma rampa com 6,5 metros de altura e cai na água (no caso, dentro do lago Paranoá). Os participantes são avaliados em três quesitos: criatividade da máquina, performance e distância que a aeronave percorreu antes de cair. Os jurados dessa edição foram: Maya Gabeira, sufista de ondas grandes, Sandro Dias, skatista, Popó, ex-lutador de boxe, Digão, guitarrista dos Raimundos e Lucas Moll, comediante.



A disputa foi acirrada, mas quem ganhou o grande prêmio (um salto de pára-quedas e um ano de Red Bull) foi a equipe “Tron”. Formada por um grupo de amigos, a equipe alegou que o prêmio veio devido ao conhecimento aéreo dos participantes, uma vez que possui integrantes pilotos e mecânicos de aeronaves e helicópteros. O avião vencedor foi baseado no filme TRON, assim como a performance e a roupa dos participantes.


O segundo lugar ficou com a bem-humorada equipe “Los Entregadores”, que fizeram sua aeronave em forma de pizza, com os integrantes fantasiados de cozinheiros. De acordo com os participantes, o formato do avião foi escolhido em homenagem à cidade de Brasília, onde “os acontecimentos acabam em pizza”.


O terceiro lugar do pódium ficou com a equipe belo-horizontina “Jato Capitão Planeta Corneteiro”, que fez a aeronave em forma de um avião de papel e tinha os participantes fantasiados de animais (veja em um dos posts abaixo, a entrevista da equipe feita no dia anterior ao evento).


Continuação - CRIA no hangar do Red Bull Flugtag Brasília


Continuando com o papo no hangar da equipe de cobertura da CRIA com as equipes competidoras do Red Bull Flugtag surgiram vários momentos descontraídos.

A equipe “Tu Tubarão do cerrado”, de Brasília, liderada pelo piloto Elton Augusto Peres, 25, veio com uma mensagem ecológica no mínimo interessante. Questionado em entrevista sobre o orçamento da “aeronave” que pesava quase 20 Kg a equipe afirmou que gastou apenas 100 reais com o projeto. Sendo ele todo revertido em vodka, já que a matéria prima da máquina era toda de origem reciclada. Com bom humor eles explicam o gasto só em vodka com o fato do energético eles já terem ganhado em Brasília.
Apesar do tom de diversão, eles juram que vieram com fortes objetivos. Segundo Elton a meta é voar 80 metros de distância, mais de 10 acima do recorde mundial. Tirando onda, disse que esperam repetir essa marca conquistada nos treinos. Intrigados perguntamos o porquê dessa convicção dizendo que é a uma marca muito expressiva. Eles afirmaram: “É, a gente desenhou para isso mesmo”.


Conversando um pouco mais descobrimos uma equipe com histórico vencedor. Os integrantes de Belo Horizonte da “Red Bule Uai sô team” foram campeões do recente Red Bull Soapbox que aconteceu na praça do papa. Questionados sobre a expectativa de voo o piloto André Diniz Ferri, 21, disse: “A performance vai ser muito boa. Cenas muito fortes estão por vir. Tirem as crianças da sala! É muito perigoso me ver de maiô”.
Quanto ao orçamento nos disseram que foi em torno de 1200 reais, todo patrocinado pela empresa Renovar ventilação, de um dos integrantes. “A gente mesmo faz tudo, solda e pinta. Além da arte”. Perguntamos se ele tinha medo de água fria e a resposta foi uma pérola: “Tenho nada, a gelada que eu tomo da minha mulher todo dia é bem pior”. Em tom de brincadeira, contamos com isso, André disse: “Posta isso que eu fico sem mulher, em?!”. 


Para finalizar, no hangar de preparação do voo trocamos um papo também com a equipe de Uberlândia “Capitão planeta”. Composta por designers do estúdio Farândola (farandola.com.br) o modelo foi um dos poucos que não apresentavam asas – “Asa é um negócio supérfluo para a gente”. Questionados quanto à meta no ar disseram que esperam voar dois milímetros, mas que o grande objetivo era o piloto continuar vivo.
Sobre a situação da empresa no meio dessa loucura de evento a equipe nos disse que praticamente parou um funcionário – Diogo – por uma semana no estúdio de design. Os outros só viam o avião se formando por foto, se estava “assim ou assado” e de fato mesmo só quando já estava pronto. Um dos membros disse “Gabriel não sabia se trabalhava para pagar as despesas do mês ou do avião”.



No Facebook: a interatividade como estratégia


(foto de capa da página do Guaraná Antártica no Faecbook)

Domingo, dia que muita gente não gosta de interagir com ninguém, preferindo ficar o dia inteiro desmaiado no sofá, estou aqui para falar de interatividade. Mas, calma. A interatividade que eu estou falando é aquela que basta um curtir ou um compartilhar, basta, no máximo, uns 2 cliques!


Em outro post meu aqui falei da importância da interação com o consumidor por meio de promoções, campanhas. Para falar disso, até citei aquela campanha da Ruffles em que qualquer um poderia criar um sabor pra batata da onda.
Hoje, vim comentar um pouco do que as marcas andam fazendo em suas fan pages pra conquistar curtidores e ganhar compartilhamentos. Dando uma pesquisadinha, encontrei que, no Brasil, entre as páginas mais curtidas estão a do Guaraná Antártica, a da Skol, a da L’oreal Paris Brasil e por último a do Vagalume. Com exceção da L’oreal Paris Brasil, todas as outras páginas citadas comemoram as curtidas recebidas e tem em suas fotos de capa os números que indicam a conquista de ter milhões curtidas. Bacana, né?

É interessante perceber que mesmo no Facebook, tem como uma página ser pouco interativa, caso não envolva, de certa forma, os usuários na produção de conteúdo.
Isso pode ser alcançado não atualizado com determinada frequência ou, por exemplo, não respondendo possíveis questões trazidas pelos fãs. Esse tipo de página envolve a chamada one-way communication, que é informativa por natureza e que não pede por uma resposta, um feedback dos usuários (definição retirada do livro The Political Competence of Internet Participants, de Henrik Serup Christensen e Åsa Bengtsson).
O que percebo dessas páginas é que elas se mostram interativas no que diz respeito ao conteúdo: porque elas não são meramente descritivas dos produtos/serviços a que se referem e também porque envolvem assuntos relacionados ao imaginário do que se considera rotineiro para as pessoas (não falando só do produto/serviço). O que, nas postagens dessas páginas, faz referência à marca pertencente é a padronagem seguida pelos spams (mesma tipografia, mesmo background, etc), característica marcante dos spams do Guaraná.

A fan page do Guaraná Antártica é a página brasileira com mais curtidas, ultrapassando os 7 milhões. E o conteúdo que ela posta também perpassa por essas situações do cotidiano, assim como das combinações perfeitas (“Deu vontade? Compartilha”, "Compartilha pra provocar a galera" e outras chamadas): Guaraná com pizza, com feijoada.. fica até difícil não curtir, hein?


Ah, e não podia me esquecer do mais novo perfil (e que alcançou mais de 1 milhão de curtidas em um mês) de sucesso do Facebook: pra quem ainda não conhece, estou falando da Gina Indelicada que é um exemplo de que a interatividade no Facebook dá certo: além de compartilhar imagens de diálogos da embalagem de palitinhos, o responsável por atualizar essa página, Rickk Lopes, faz várias atualizações por dia. Sem contar que conta com um conteúdo descontraído, com uma linguagem super acessível, o que também é uma dica para se manter próximo aos curtidores.
Lembrando que Rickk Lopes ainda não tem nenhum vínculo com a marca, mas já foi chamado para uma conversa com os executivos da Rela Gina.
(foto de capa da Gina Indelicada no Facebook)

CRIA nos bastidores do Red Bull Flugtag Brasília



Durante a tarde, nós fomos ao Hangar, onde as 33 “aeronaves” que competirão no Flug Tag amanhã estão estacionadas. As equipes estavam fazendo os retoques finais em seus aviões e tivemos a oportunidade de bater um papo com todos e tirar algumas fotos para mostrar o clima empolgante que estava na garagem. Em um ambiente descontraído, com várias brincadeiras, música alta o tempo todo e, claro, Red Bull à vontade, separamos aqui alguns dos melhores trechos das nossas conversas com os participantes.

A equipe Jato Capitão Planeta Corneteiro de Belo Horizonte é formada por amigos de longa data. Co um sorriso no rosto um dos integrantes nos narrou que a “grupo de zueira” começou com 5 amigos solteiros. Aos poucos os parceiros foram casando o que fez ampliar cada vez mais o círculo de convívio. Hoje contam com mais de 60 membros. Bem humorado a equipe diz que de certa forma trocaram a cervea que regava os encontros e festa pelas mamadeiras dos filhos.

A equipe fez a aeronave em formato de um avião de papel. Sobre isso o piloto disse: Quem nunca sonhou em voar ne um avião de papel? Amanhã eu vou subir em cima de um e voar”. Quando questionada se houveram testes prévios, replicaram: “Só de resistência! Sentei em cima e ele resistiu, tá valendo!”.



A equipe Cadengues de Brasília composta pela equipe de criação de uma agência de Publicidade tem sua aeronave em forma de um mosquito da dengue. Com os copilotos vestidos de produtos de combate ao inseto.
 Após voltar do reconhecimento da rampa de decolagem, conversamos com a piloto da equipe, Cecília Crespo, e perguntamos o que a deixava mais nervosa, ela respondeu: “Antes, era a água fria, mas agora que vi a pista lá de cima, a altura também virou um problema!”. Sobre a existência de expectativa para o voo ela afirma convicta: “Claro que sim, 3 metros de distância.” Ao ser questionada sobre a distância, sendo que o recorde é de quase 70 metros, respondeu: “Não quero bater o recorde! O que esperamos é mesmo os 3 metros!”



A equipe VACA também de Brasília fez uma aeronave como o nome mesmo diz. Quando perguntamos sobre o orçamento de mais de mil reais, responderam: “Não pesou nada, quem pagou foi a mãe de uma de nossas integrantes”. Perguntamos sobre o patrocínio e brincaram: “Não bem um patrocínio, foi mais como um ‘mãetrocínio’.”


Estamos a cada vez mais ansiosos na espera do evento amanhã, com a empolgação que sentimos dos participantes e com a grande estrutura providenciada pela organização. Em breve mais trechos de entrevistas.

CRIA chega ao Red Bull Flugtag Brasília


E a dupla Marina Conrnélio e Arnaldo Garcia da CRIA UFMG Jr. acaba de chegar em Brasília para cobertura do evento Red Bull Flugtag, direto do lago Paranoá. Com uma excelente recepção do hotel e de toda equipe da Red Bull, os próximos posts prometem.



O clima de diversão está no ar da capital federal, que não é tão seco assim como dizem. E o entretenimento está só começando! Hoje à tarde conheceremos a garagem onde todos os 33 corajosos competidores estarão dando os últimos retoques em seus aviões antes da competição. Para desafiar a lei da gravidade, foram selecionados 2 aviões de Uberlândia, 2 de Goiânia, 12 de Belo Horizonte e 17 de Brasília.



A imprensa foi surpreendida ao chegar nos quartos com um livreto guia de toda a competição, a tradicional revista The Red Bulletin, uma touca bem engraçada para as mulheres não molharem o cabelo quando cairem na água, uma bóia marcadora de distancia e, é claro, muito Red Bull.



Confiram mais tarde e nos próximos dias a cobertura com as imagens mais descontraídas, brincadeiras e relatos de quem vai participar dessa grande festa.


Já fez seu aniversário no McDonalds?


No clima de aniversário da Cria, que tal voltarmos um pouco ao passado?

Qual é a criança que nunca desejou juntar todos os seus amigos e fazer seu aniversário no McDonalds? foi o sonho de infância de muita gente ver aquele teatro de fantoches, o barulho, a correria, as brincadeiras e vários McLanches Felizes para todos.

Esses aniversários sempre foram um foco importante na publicidade do McDonalds. Confira alguns vídeos,  que vão desde a década de 70 até os dias de hoje, da rede de fast food mais famosa do mundo com esse tema e enfoque:





É ritmo de festa !!!


















Na semana do aniversário da nossa querida CRIA (veja o post a baixo), em que o núcleo de marketing se esforça para encontrar os membros mais antigos da empresa; buscar lembranças; contar histórias;  fazer uma campanha ainda mais linda pra comemorar nosso 13º aniversário e, É CLARO,  aproveitar pra fazer um marketingzinho básico,  decidi entrar em ‘ritmo de festa’ (com o perdão da expressão clichê)  e descobrir algumas campanhas comemorativas de aniversário que estão fazendo sucesso por aí.

É muito comum ver as marcas se aproveitarem das datas comemorativas e lançarem comerciais, promoções, ações, propagandas em geral, para divulgarem seus produtos.  Normalmente, elas são mais emocionantes, envolventes, saudosistas, retrôs. Mas, não para por aí, algumas tendem exatamente ao contrário e optam pela ousadia. Vai depender das intencionalidades e das estratégias de planejamento adotadas por cada marca.  

Além de ser este um bom momento para os publicitários e marqueteiros apostarem em novas ideias, lançarem sua criatividade aos ares ou, simplesmente, afirmarem ainda mais a identidade da empresa,  o capricho especial que estas propagandas recebem acaba por trazer resultados positivos. Principalmente num momento como o que vivemos atualmente, onde as mídias se multiplicam, transmutam, interagem e se completam.

Veja bem, a lacta, no começo do ano, quando completou 100 anos, lançou uma série de peças, dentre elas um novo ovo de páscoa; uma campanha na Internet, onde as pessoas podiam compartilhar experiências, histórias que envolviam o chocolate e propagandas lindas pra TV.  Emocionantes até.


























video 



As Havaianas fizeram uma releitura daquele modelo antigão, que ninguém gostava, para comemorar seus 50 anos.  Em cada pé um chinelo diferente. Eu curti.










A Ray ban também resgatou alguns modelos e referencias antigas para servir de inspiração e, no mês de junho, quando completou 75 anos, lançou a nova coleção “Ambermatic”, com a seguinte proposta: NEVER HIDE. A marca busca contar a sua trajetória em momentos históricos de cada década desde os anos 30. É bem legal.




























E olha só a CRIA ufmg jr. convidando a galera do facebook pra comer o bolo que comemorava o 12º aniversário da jovem, porém eficiente, empresa júnior no ano passado. Fez a alegria do curso de comunicação, dos demais faficheiros, professores e, no semestre seguinte, conseguiu muitos trainees. Como eu!










Enfim, parabéns pra CRIA!!!! por tudo que ela representa, pelos bons serviços que oferece, qualidade, eficiência; parabéns aos membros fundadores; aos ex- membros que ajudaram a construir a nossa empresa do jeito que ela é hoje; aos demais colaboradores e a nós, os atuais membros e responsáveis por dar continuidade a esta história!!! QUE BONS VENTOS SEMPRE TRAGAM SUCESSO A TODOS NÓS!

CRIA 13 anos !


Fundada em 1999 a CRIA UFMG Jr. comemora no próximo dia 25 seus belos 13 anos de vida. A empresa júnior foi criada devido as necessidades de alguns estudantes da Comunicação Social de complementação acadêmica, especialmente aquela que vai além da teoria e se instala nas práticas de mercado.


 É um verdadeiro laboratório de desenvolvimento de habilidades e talentos. Local onde é possível, sem traumas, se aprender com os erros e também acertos do ágil mercado. Mas os bons frutos vão muito além do próprio mercado, a parte pessoal é visivelmente desenvolvida. O estímulo a proatividade, empreendedorismo, liderança, trabalho em equipe, criatividade, esforço, foco e determinação são só alguns pontos. Sem esquecer claro dos laços de amizade feitos para sempre no aquário laranja.

Atualmente a empresa conta com 36 membros, fora os conselheiros. Divididos em 4 núcleos produtivos – Atendimento, Criação, Jornalismo e Planejamento – e 4 administrativos – Administrativo financeiro, Qualidade, Marketing e RH. Todos oferecendo serviços que abrangem as áreas de publicidade, jornalismo e RP a clientes reais.

Em 13 anos de vida já se passaram muitas gestões e obviamente dezenas de pessoas diferentes. Várias lembranças e histórias dispersas que a CRIA tentou levantar essa semana, por meio do Facebook, para continuar contando nos próximos anos. 


Foi divulgada uma arte spam no perfil da EJ com a frase “Uma vez CRIA sempre CRIA” com o intuito de fazer com que as pessoas que fizeram parte dessa história se sentissem estimuladas a marcar todos os seus conteporâneos. Assim um ex membro poderia ir puxando cada vez mais fundo no tempo os outros e aí por diante até a sua fundação. O objetivo é desenterrar todas essas lembranças e pessoas, assim como descobrir nossas origens como empresa. Uma bela homenagem a todos que participaram. Com esse recurso de marcação, em poucas horas foram atingidas centenas de pessoas na rede social junto com a mensagem de aniversário. 

E como toda história tem sua tradição na quinta-feira às 10:30 vai ter o clássico bolo de aniversário na CRIA. Mesmo com a greve esperamos todo mundo na FAFICH para a comemoração.





 As fotos são do aniversário bombante do ano passado.

Listerine- Flipbook, simples e original.



  Um método inusitado e divertido foi utilizado para divulgar um produto de forma muito simples e eficaz. A JWT Hong Kong, em uma campanha para a Listerine, utilizou um flipbook que tinha cheiro de cebola para chamar a atenção das pessoas para o problema do mau hálito.



   Ao passar as páginas do flipbook, uma mulher sedutora conversava com o leitor, mas graças a uma tecnologia as páginas cheiravam a cebola, dando a ideia de que o mau hálito viria da mulher. No fim do flipbook, as pessoas ganhavam um cupom, que as dava uma garrafa de Listerine. O retorno da peça foi de 66%.

A ideia foi simples e extremamente eficaz, você pode ver a reação das pessoas no vídeo:


Lego olímpico



As Olimpíadas de Londres, o desempenho do s atletas, a boa ou a má atuação de algumas seleções, o encerramento... têm se tornado o assunto do momento. Seja nos jornais, revistas, no Google ou no facebook, o fato é que todos querem noticiar as competições (menos a Globo, não sei porque. rsrs) . Mas, o jornal Inglês “The Guardian”  arrumou um jeito diferente de o fazer.

Foi criado uma série de postagens que reproduzem os melhores momentos de cada dia de disputa em LEGO (isso mesmo). A série denomina-se  brick-by-brick  e vêm ganhando cada vez mais visibilidade na internet. O trabalho é interessantíssimo e, pelo visto, super trabalhoso e detalhado, mas não é a primeira produção de Fabian Moritz. Alemão que se dedica, há um certo tempo, ao brinquedo de montar graças a uma paixão infantil por ele e  que foi descoberto na ultima copa do mundo, reconstruindo os momentos chave dos principais jogos.



No mais.... deixo o artista falar por mim 





Veja a vitória do dia 05/08 do atleta jamaicano Usain  Bolt 
e em seguida a recriação feita para o jornal britânico.




Encontrei também alguns bonecos especiais feito pela lego para homenagear os esportistas olímpicos e achei que valia a pena postar. Tão bonitinho! 


Depois de ver o trabalho de Moritz fiquei me lembrando dos castelinhos sem graça que eu fazia com meu lego, das casinhas... foi aí que me lembrei também de uma propaganda  que fazia as batatinhas em do Mc Donalds  lego. Encontrei muita publicidade, feita pela própria empresa mas também por diversas outras, com o brinquedo. É muito legal! Vale a pena dar mais uma olhadinha.








Find Your Greatness: Nike contra a ditadura olímpica



Os Jogos Olímpicos são um dos eventos mais esperados e assistidos do mundo; e também um palco de disputas entre as grandes marcas mundialmente conhecidas. São milhares de dólares investidos pelas empresas para se exibirem como patrocinadores oficiais das Olimpíadas. Visa, Adidas, Coca-Cola, P&G e Mc Donalds, que  por sinal tem seu patrocínio muito questionado por ser "não-saudável", são um dos exemplos dos que estão em Londres 2012. 

A questão não é apenas mostrar suas logos e slogans para o mundo inteiro, os patrocínios acabam criando uma ditadura em meio a jogos tradicionais e dignos de serem chamados 'democráticos'. Pelo menos é isso o que está acontecendo em Londres: camisas de marcas rivais aos patrocinadores são proibidas dentro dos estádios e arenas olímpicas, de acordo com o comitê organizador. Além disso, essas marcas rivais são proibidas de fazer alusão às Olimpíadas em seus anúncios, comerciais, produtos, etc.

Mas é claro que grandes marcas não iriam perder essa ótima oportunidade para se promoverem. A Nike, cuja batalha com a Adidas é uma das mais bonitas de ser ver ao ser levado em conta suas publicidades, desconsiderou as regras e fez uma campanha que retrata, de uma certa forma, o jogos olímpicos. Intitulada "Find your greatness" - encontre sua grandeza, em português -, a campanha mostra atletas amadores ao redor do mundo e que qualquer lugar pode se chamar Londres. 


Além do vídeo principal, Find Your Greatness conta com outros pequenos filmes de diversas modalidades esportivas, como futebol, basebal, skate, basquete, boxe e rugby. 



Parceria Ministério da Saúde e Facebook: doação de órgãos


Vocês já viram a parceria que o Ministério da Saúde está fazendo com o Facebook?

Agora, os usuários podem manifestar a sua vontade de doar órgãos pela rede social que já tem aproximadamente 37 milhões de brasileiros (Lembrando que essa declaração não substitui a oficial, que é aquela que depende da autorização da família).

Como fazer isso?

É só você acessar a Fan Page que eles criaram pra campana e seguir os passos que eles indicam:



E a fan page deles é excelente: as pessoas que estão atualizando a página são super atentas e respondem rapidamente às dúvidas e comentários que as pessoas colocam. Ah, e eles estão atualizando diariamente com vídeos e reportagens. Ok que a página está no ar faz pouco tempo, mas já vale muito a pena dar uma olhada, principalmente quem tem dúvidas a respeito (como era o meu caso).

Além da página, eles fizeram um aplicativo muuito massa! Eem um infográfico interessantíssimo que.. ah, vejam lá, é bacana e super rápido! E esse aplicativo também pode direcionar pra fan page :)

E, sinceramente?

Achei a  iniciativa do Ministério da Saúde super interessante e contextualizada, porque por meio do Facebook você pode avisar não só aos familiares, mas à toda sua lista de amigos da rede social - o que acaba influenciando um, que influencia outro, e por aí vai. Então, a idéia principal é a mobilização: “O usuário do Facebook é multiplicador dessa causa”, afirmou Alexandre Padilha, o Ministro da Saúde. Otimista sobre a campanha, ele comenta que o Brasil tem o melhor sistema público de transplante do mundo. Além disso, ele conta que com somente 4 meses funcionando nos EUA, o número de doações cresceu 40%. Por isso, ele acredita que o resultado no Brasil tende a ser tão positivo quanto esse.

CRIA no Flugtag


O Flugtag é um evento realizado pela empresa de energéticos Red Bull há 20 anos. Desde o primeiro que aconteceu em Vienna na Áustria já se passaram mais de 35 por diversas partes do mundo. No próximo dia 26 acontecerá a edição de Brasília diretamente do lago Paranoá.


Flugtag em tradução do alemão é dia do vôo, algo que não acontece necessariamente no local já que todos projetos acabam na água. É um campeonato de muita descontração que desafia os concorrentes a construírem um avião movido apenas à força humana. Sem motores ou qualquer propulsão, o objetivo dos concorrentes não deve ser só o de chegar mais longe, apesar do recordista ter alcançado a incrível meta de 65 metros em 2000. 

Confira os critérios de pontuação:

A) Distância percorrida pela máquina voadora antes de tocar na água: Quanto maior for a distância percorrida pela máquina voadora, maior a pontuação.
B) Criatividade e Originalidade do veículo: A criatividade e originalidade de cada máquina voadora serão avaliadas durante a manhã do evento por elementos da organização.
C) Performance na corrida: 
A música escolhida, o espetáculo à volta da performance, o encenar do espírito do evento pela equipe e a reação do público serão fatores avaliados pelo júri.

O evento segue uma linha bem parecida com o consagrado Red Bull Soapbox, que parte do princípio de uma competição com adrenalina e riscos para revelar como pano de fundo a diversão e o entretenimento. Assim como o primeiro, o Flugtag certamente será um passeio incrível para toda a família.

A CRIA UFMG Jr. ganhou uma disputa universitária e foi convidada para cobrir o evento diretamente de Brasília. Então não perca as postagens dos nossos membros Arnaldo Garcia e Marina Cornélio no blog CRIA Plano das próximas semanas. Vamos narrar de uma forma bem descontraída todos os bastidores do Red Bull Flugtag com belas imagens e entrevistas.

FCKH8.com


O que você acha de combater agressividade com agressividade? A campanha FCKH8 apostou nessa moeda, gerou polêmica e ganhou atenção.

FCKH8 trata-se de uma campanha inicialmente online em apoio a causas homossexuais e contra o ódio e a homofobia. Contando com o apoio de algumas das maiores estrelas do Youtube americano o canal FCKH8 periodicamente lança vídeos segundo o tema e a proposta da campanha. A campanha também produz e vende diversos produtos como camisas, pulseira, jaquetas e óculos para arrecadar fundos para organizações pró-LGBT que lutam por igualdade nos EUA. Além disso, cada like ou tweet com um vídeo da campanha gera mais doações.
A causa é extremamente válida e efetiva, mas sofre algumas críticas quanto a postura e o conteúdo de alguns vídeos. Diversos vídeos possuem falas divertidas, irônicas e bastante diretas, abusando de "palavrões". O uso dessas palavras é bem criticado e dito como "agressivo". Algo que também é criticado é a participação de crianças nos vídeos. Algumas das crianças que participam foram adotadas por casais homossexuais, outras não, mas todas estão ali com a devida autorização dos pais.

De uma forma ou de outra, é exatamente o que é criticado nos vídeos que chama mais atenção e aumenta o alcance da campanha. Confira os vídeos abaixo:



Os vídeos são em geral bastante divertidos, com ótimos roteiros, brincando com os "argumentos" de pessoas que são contra a homossexualidade:


Algo bastante recorrente na campanha FCKH8 é a legalização de casamentos homossexuais nos EUA. Com a recente afirmação do presidente Obama de que é a favor da causa, esse assunto vem ganhando bastante destaque. O vídeo abaixo pertence à campanha Legalize Love e recebeu apoio do FCKH8. Nele é reproduzido o discurso em que Obama defende o casamento de pessoas do mesmo sexo.


Particularmente, considero a campanha FCKH8 extremamente criativa e acho bem interessante a forma como eles utilizam da internet para alcançar cada vez mais pessoas. A campanha começou em 2010 e em um ano já tinha arrecadado mais de 250 mil dólares. A força dela está principalmente nas redes sociais e na participação daqueles que apoiam a causa. A regra, novamente, é compartilhar e interagir.


 
CRIA Plano © 2010 | Designed by Chica Blogger | Back to top