Rafinha 2.0

Durante o treinamento em Planejamento de Comunicação da CRIA UFMG JR, apresentado pela publicitária Mariana Almeida, da agência Filadélfia, um vídeo muito interessante foi recomendado para que todos os presentes assistissem. Rafinha 2.0 é um vídeo que mostra como a nova geração, metonimizada por um garoto que dá nome ao trabalho, é cercada pelas novas tecnologias. Blogs, youtube, msn, orkut, myspace, fotolog, photoshop, câmera digital, ipod... Todos esses instrumentos utilizados com a finalidade de compartilhar idéias, produtos ou informações. Assistam ao vídeo e vejam como a lógica da tecnologia está cada vez mais impregnada em nosso cotidiano e como ela é a responsável por mover o mundo atual. E a palavra de ordem continua sendo globalização.


video

Dica de Blog!

Para quem gosta de se atualizar com comentários inteligentes, um Blog bacana a ser acompanhado é do Moacir Japiassu, jornalista e escritor paraibano que já atuou nos principais órgãos da imprensa nacional, escreveu livros infanto-juvenis e romances e hoje é colunista em várias publicações.
Seus textos comentam atualidades, matérias de jornais, além de ter alguns poemas dignos de tomar um pouco de nosso tempo... Blogstraquis é o nome da página que Moacir alimenta.
Janistraquis de Azevedo Varejão, carregador das ruas de SP, é um personagem criado por Japiassu para comentar futebol no Jornal da República e hoje comenta as mazelas do cotidiano do brasileiro comum através dos textos de seu criador nas colunas que escreve e no bem-humorado Bolg que aqui vos indico. Vale a pena conferir!!!
http://www.blogstraquis.blog-se.com.br/

Competence cria "Movimento Farroupilha Volkswagen"

Passada a Semana Farroupilha em que os gaúchos celebraram um dos mais importantes marcos de sua históra, agência aproveita o espírito farrapo para criar um "Movimento Farroupilha Volkswagen". Tá aí um exemplo clássico de como a publicidade e propaganda pode ser usada regionalmente.



Para celebrar a Semana Farroupilha - que inicia no domingo, 14, e se estende até o dia 21 de setembro –, a Competence bolou uma campanha de oportunidade para a Volkswagen e criou o "Movimento Farroupilha Volkswagen". Foram desenvolvidos vários materiais, incluindo anúncio de jornal, spots para rádio, peças para Elemídia e mobilebus. Além disto, a agência chama a atenção dos consumidores gaúchos com uma ação promocional em conjunto com a Enox, envolvendo displays e distribuições de guardanapos com as imagens da campanha em bares e restaurantes, entre outras intervenções.

A Competence chama atenção para os preços e condições dos modelos Fox, SpaceFox e CrossFox 2009, dentro da filosofia da Semana Farroupilha, o evento mais tradicional da cultura rio-grandense: ela envolve praticamente toda a população do Estado, seja nos locais organizados para festejos, seja nas iniciativas do comércio, dos serviços públicos, das instituições financeiras ou das indústrias.

Fonte: http://www.portaldapropaganda.com.br

O risco do negócio

Celso Japiassu

O preço de uma campanha de publicidade causa horror aos anunciantes, ainda mais quando o fantasma da crise está sentado na cadeira ao lado. Quando eles tomam conhecimento de quanto custa a exibição de um único comercial de trinta segundos no horário nobre da TV, criva de perguntas o pessoal da agência. Isso tudo? Cento e setenta e cinco mil reais por meio minuto no Jornal Nacional ? Não parece uma quantia absurda? Cento e sessenta e três mil por um filmezinho na novela das oito ?

Alguns mais afeitos aos custos do cinema nacional chegam a arriscar que a verba necessária a uma pequena campanha, que nunca se restringe a um único comercial, seria o suficiente para a produção de um longa metragem.

Existe algum sentido no assombro dos clientes diante dos custos da publicidade, mesmo quando lhes são apresentados os cálculos de custo por mil espectadores. E mesmo quando eles compreendem que a propaganda é parte dos custos para que um produto possa ser produzido, ter presença e competir no mercado.

A propaganda na TV, ainda por cima, nem sempre é suficiente para, sozinha, cobrir todas as necessidades de uma campanha. A mídia segmentou-se diante dos interesses diversificados de grupos sociais e culturais que se transformaram em mercados consumidores, cada um com suas peculiaridades.

Cada vez mais a comunicação de marketing, onde a propaganda se insere, passa a ser o item mais caro na vida de qualquer produto. Fazer o produto com determinado nível de qualidade há muito deixou de ser o calcanhar de Aquiles. Está aí a Nike, provando que seus sapatos, meias, raquetes e toda a parafernália esportiva podem ser fabricados na Indonésia, na China, no Japão ou no Ceará, mantendo os mesmos padrões de qualidade. A tecnologia se difunde com muita rapidez, atualmente. As empresas passaram a administrar apenas as suas marcas, que são o seu maior ativo, usando um complexo de comunicação sofisticado, caro e eficiente.

As verbas precisam ser profissionalmente administradas. O planejamento estratégico não começa nem termina na criação ou na produção dos anúncios e muito menos na compra do espaço nos veículos de comunicação. Não estamos nos referindo ao planejamento de marketing de um produto, e sim ao planejamento da comunicação de marketing.

As agências estão investindo no planejamento estratégico tanto quanto na criação das campanhas. Se antes o anúncio criativamente brilhante enchia os olhos dos anunciantes e do próprio consumidor, hoje esse anúncio tem de continuar a ser brilhante e memorável e tem de apresentar um conceito estratégico que não venha a significar um tiro pela culatra. Ou no pé, como diz Alex Periscinotto.

Um conhecido escritor brasileiro certa vez espantou-se com a limitação e a dificuldade que tinham com a língua portuguesa alguns redatores de publicidade que ele conhecia. Compreendeu melhor quando lhe foi explicado que não se tratava, na realidade, de redatores, e sim de criadores, responsáveis pela criação de idéias dentro de um conceito previamente estabelecido.

Criar publicidade eficiente torna a campanha mais barata. Ou menos cara. O conceito que diferencia o produto e motiva o consumidor é obtido pela clareza dos objetivos - os de marketing e também os de comunicação. Identificar o tipo de consumidor com quem se fala ajuda a saber o que ele pensa da marca e o que se pretende que ele passe a pensar depois de ser exposto à campanha.

Embora a publicidade use e abuse da emoção, porque ela tira o consumidor da indiferença, deve-se descobrir qual o argumento que justifique tudo o que se disser sobre a marca. Um único argumento que resuma os benefícios que estamos prometendo ao consumidor e que vai ser confirmado no produto se a campanha for bem sucedida. Toda publicidade é uma promessa feita ao consumidor. Porisso ela precisa ser transmitida com clareza e de forma a que o consumidor possa nela confiar.

Todos estes pontos deveriam ser considerados pelo anunciante quando, ao escolher uma agência, é tentado a aproveitar-se do momento e do alto grau de competição do mercado publicitário para impor uma remuneração humilhante. Ao ser transformado em "commodity", o trabalho da agência pode perder a capacidade de viver o desafio do produto e de se aliar ao cliente numa empreitada de risco, como é uma campanha de propaganda.


Fonte: http://www.umacoisaeoutra.com.br/marketing/risco.htm


Energia e criatividade


Uma idéia genial de tão simples e adequada ao produto. Enquanto não há ninguém no ponto de ônibus a luz fica apagada. Um detector de presença ilumina o mobiliário urbano assim que chega alguém.
Agencia: Saatchi & Saatchi, Cape Town, África do Sul
Obs: clique na figura para ampliar a imagem.
Gente, achei essa estrategia muito interessante, principalmente porque o conceito da campanha se aliou totalmente a midia utilizada. Bacana ne?

Cronograma do Programa Trainee - Núcleo Planejamento

Dia 16/09 ao 12h – Mapeamento de públicos e diagnóstico
- Convidado: Professor Márcio Simeone
- Local: Sala 02

Dia 18/09 ao 12h - Treinamento em Planejamento de Mídia
- Convidado: Mário da Stalo Comunicação
- Local: Sala 02

Dia 23/09 ao 12h - Treinamento em Planejamento de Comunicação
- Convidado: Caroline Marinheiro da TOM
- Local: Sala 02

Dia 25/09 ao 12h - Treinamento em Planejamento de Campanha
- Convidado: Gustavo da Filadélfia
- Local: Sala 02

Dia 02/10 ao 12h – Treinamento em Mobilização Social
- Convidado: Bruno Castro
- Local: Sala 02

Dia 07/10 ao 12h – Treinamento em pesquisa de mercado
- Convidado: Prof. Deborah (FACE)
- Local: Sala 02

Dia 09/10 ao 12h – Grupos focais
- Convidado: Carolina Saraiva (FACE)
- Local: Sala 02


Está aqui galera o nosso cronograma do programa trainee do nosso núcleo bombante!!
Espero que todos possam comparecer! estaremos abertos!!
Obrigada

"Zack and Miri make a porno" - novo cartaz

Comentário Inicial: Boa sacada!!! Ainda melhor porque a mídia espontânea gerada ajudará a divulgar tudo o que foi proibido!!!

O roterista e produtor Kevin Smith deu a volta por cima contra a censura nos EUA. Depois de proibirem o poster do seu filme "Zack and Miri make a porno", por ter uma insinuação de sexo oral, agora ele criou uma nova versão com desenhos infantis.

O novo poster leva a frase "Seth Rogan e Elizabeth Banks fizeram um filme tão excitante que nós só podemos mostrar este desenho".

A repercussão da proibição foi tão grande que Smith tirou vantagem da situação e conseguiu divulgar ainda mais o filme. E usou a criatividade e seu blog para apresentar o novo poster.
Muitas vezes a polêmica ajuda.


Retirado de: http://www.adme.com.br/

Imagine


"Há muito tempo os óculos deixaram de ter apenas uma função corretiva. Eles ajudam a compor o visual das pessoas, realçando a personalidade de cada um. Este anúncio da Oxydo, marca italiana de óculos, chama a atenção para isso de um jeito bem original."

Realmente ne? Eu achei o conceito muito bacana, daria pra aproveitar e usar outras personalidades que tiveram suas imagens associadas com o óculos! A abordagem utilizada foi muito interessante mesmo!

Fonte: http://www.propagandopropaganda.blogspot.com/

A parceria: 007 e Coca-cola

A Wieden + Kennedy criou um comercial para divulgar a parceria da Coca-Cola Zero com o novo “007: Quantum Of Solace”.
A música do comercial foi composta por Jack White (White Stripes e The Raconteurs), que também colaborou com Alicia Keys para desenvolver a música tema de “Quantum Of Solace”, intitulada “Another Way To Die”.
Aliás, não é a primeira vez que Jack White trabalha com a Coca-Cola. Em 2006 ele criou o jingle que deu início a campanha global “Coke Side Of Life”, também de responsabilidade da Wieden + Kennedy.
Criadas por Daniel Kleinman desde 1995 (“007: GoldenEye”), as seqüências de aberturas dos filmes de 007 são sempre um show a parte. A de “Cassino Royale”, com “You Know My Name” do Chris Cornell, é uma das minhas preferidas.

Assistam ao vídeo: http://videolog.uol.com.br/video.php?id=366367

Comentário: Não é muito clara a relação entre Coca Cola e 007, mas de qualquer modo os dois ganham dessa publicidade conjunta, principalmente o filme estreante.

fonte: http://www.brainstorm9.com.br/

Novas práticas de Marketing Político: a expansão na internet

Outro dia mesmo em minha quase jornada rumo a faculdade não pude deixar de notar uma intensa movimentação quando passava pela Praça Sete bem ali no coração de Belo Horizonte. Eram bandeiras pra tudo que é lado, bonequinhos personalizados, carros de som e um número incontável de correligionários nos calcanhares de um cotado(a) candidato(a) à prefeitura da cidade. Em tempos de eleição é só ficar um pouco mais atento na programação das rádios e televisões e na sujeira produzida nas ruas devido a distribuição de "santinhos" (pros garis de santinho só mesmo o nome). Muitas vezes o esforço pode até ser mínimo já que eles estão presentes em todas as partes da cidade dada a intensidade da propaganda.

De forma mais ampla podemos pensar que todas as ações de promoção de um candidato seja a vereador, prefeito ou qualquer outro cargo eletivo formam o que chamamos de marketing político. Bastante útil para políticos em campanha eleitoral o marketing político visa construir uma boa imagem de um determinado político frente ao eleitorado. A forma como a imagem do político vai ser construída é que está a chave do sucesso para uma campanha eleitoral. Na consolidação de uma imagem pública bem montada é necessário um planejamento que dê conta de colocar o candidato em evidência frente aos demais e determinar um perfil de eleitor a ser explorado nas ações de divulgação da campanha. É nesse momento em que aparece a figura do "marketeiro político", o sujeito responsável por planejar e colocar em prática tudo aquilo que for necessário para favorecer a reputação e melhorar a imagem de um político. E em pensar que o mais famoso de todos os tempos sustentava a Alemanha nazista (se lembram de Goebbels!).

Hoje as práticas não são mais tão voltadas a inflamação das massas como eram naqueles tempos. Novas estratégias de promoção da figura pública tem sido adotadas por meio de ferramentas menos personalistas e nem por isso menos eficientes. Sem dúvida quem chega forte nesse contexto é a internet que tem colaborado e muito na criação e manutenção de uma boa imagem pública. Um exemplo bem claro da presença cada vez mais maciça da internet no marketing político pode ser observados na disputa pela Casa Branca neste ano de 2008. Tanto o candidato John McCain quanto Barack Obama possuem verbetes de busca relacionados aos seus nomes no Google e Yahoo, perfil no Facebook, páginas no MySpace e vídeos próprios no YouTube produzidos por suas equipes de campanha. O resultado de tudo isso são milhões de acessos realizados diariamente em cadeia viral de modo que as propagandas são disseminadas rapidamente para um grande número de pessoas.


Pra encerrar o marketing político na internet tende a evoluir cada vez mais nos próximos anos, mas a aproximação física o corpo-a-corpo entre candidato e eleitor jamais poderá ser substituído. Aquela chave do sucesso de que falei pode ser justamente conciliar as antigas práticas do marketing político com as novas. E tenho dito nisso os políticos que desejam ser bem sucedidos precisam ficar atentos.

Referência:
Acesso em 15 set. de 2008.

Política para políticos http://www.politicaparapoliticos.com.br/
Acesso em 15 set. de 2008.

Comunicação Empresarial on line http://www.comunicacaoempresarial.com.br/
Acesso em 15 set. de 2008.



Uma seguradora sueca cria Big Brother abrindo janelas na internet

Comentário Inicial: Realmente, a moda do Big Brother invadiu todas as mídias possíveis e hoje consegue-se encontrar variações para onde quer que se olhe... Até a seguradora já usa desse artifício como forma de mostrar seus serviços!!!

"16:15 Atavahuset é um site em flash que simula um prédio com muitas janelinhas. Cada janelinha, na verdade, é uma webcam que mostra o cotidiano de alguém. As pessoas se inscrevem, como no Big Brother, e cada dia um é eliminado pelo público e substituído por um novo. Tem de tudo no prédio - famílias, modelos, amigos. E é possível interagir com os participantes através de chats. Um blog registra os acontecimentos e acompanha os movimentos dos ocupantes do prédio. 10/09

O interessante é que esta é uma açao absolutamente 'branded'. Foi criada pela seguradora sueca Atava no intuito de divulgar seu novo seguro residencial. Confiram neste link. A história das janelinhas lembra o case 'HBO Voyeur', vencedor do One Show e de vários prêmios em Cannes este ano, reveja aqui."




Retirado de: http://www.bluebus.com.br/show/2/86422/uma_seguradora_sueca_cria_big_brother_abrindo_janelas_na_internet

Mais 4 anos

Com a chegada do período eleitoral, retoma-se com maior intensidade aquelas conversas de sempre sobre o fato estarmos mais 4 anos condenados a uma politicagem meia-boca. Por mais que estejamos já inundados com contéudo eleitoral, a Justiça Federal aproveitou o momento para nos dar o ar da graça de suas críticas.

A propaganda soube abordar um tema desgatado com mta irreverência. Dêem uma olhadinha no vídeo:
http://www.youtube.com/watch?v=vi_FxgFujts

E que o terreno das nossas mentes fique repleto de reflexões!

Fonte: ATAKE Comunicação Alternativa

Aproveitando o espaço


Propaganda muito interessante para uma academia de ginástica italiana.
É mais um exemplo criativo de como usar o espaço urbano, através do famoso marketing de guerrilha!

Dicas de texto para cartões - RP

Não existe a menor dúvida de que os melhores textos para conferir ainda maior destaque e efeito para sua política de envio de cartões-RP para públicos de interesse, em datas comemorativas e especiais ou não, são justamente aqueles produzidos com sua criatividade.
Mas, envolvidos com o dia-a-dia agitado dos trabalhos em comunicação, por vezes a imaginação falha. Assim, esta parte do Mundo das Relações Públicas vem justamente para facilitar seu serviço.

* "Lamentar uma dor passada, no presente, é criar outra dor e sofrer novamente" - WILLIAM SHAKESPEARE
* "A mais refinada arte é a arte de viver bem" - KLEINER SCHEIN
* "A força não provém da capacidade física e sim de uma vontade indomável" - GANDHI
* "Uma comissão consiste de uma reunião de pessoas importantes que, sozinhas, não podem fazer nada, mas que, juntas, decidem que nada pode ser feito" - FRED ALLEN
* "O futuro das organizações - e nações - dependerá cada vez mais de sua capacidade de aprender coletivamente" - PETER SENGE
* "Tente mover o mundo - o primeiro passo será mover a si mesmo" - PLATÃO
* "Todos os vícios, quando são da moda, passam por virtudes" - MOLIÈRE
* "Assim que todo o mundo concorda com uma idéia, um líder deve começar a trabalhar na próxima" - ROGER ENRICO
* "Existirão dois tipos de executivos nos próximos cinco anos: os que pensam globalmente e os que estarão desempregados" - PETER DRUCKER
* "A vida é um eco. Se você não está gostando do que está recebendo, observe o que está emitindo" - LAIR RIBEIRO
* "A coragem é a primeira das qualidades humanas, porque é a que garante as outras" - ARISTÓTELES
* "Não arriscar nada é arriscar tudo" - CESARE CANTÚ
* "O fracasso é a oportunidade de começar de novo inteligentemente" - HENRY FORD
* "É ajoelhados que tocamos as estrelas, é reduzindo-nos a zero que atingimos o infinito" - DOM HELDER CÂMARA
* "Tente de novo. Fracasse de novo. Fracasse melhor" - SAMUEL BECKETT
* "Se você não sabe para onde está indo, todo o caminho o levará a lugar nenhum" - HENRY KISSINGER


Espero q gostem das dicas!!!
Beijos

Carrotmob

CarrotMob - ajude o planeta que a gente leva o consumidor


Sustentabilidade, marketing verde, responsabilidade ambiental, não preciso dizer você já sabe que tá na modinha nas empresas do mundo inteiro. Mas quem realmente faz o que deve fazer?

Pensando nisso uma grupo de São Francisco chamado Carrotmob, criou uma iniciativa que fala a língua das empresas: dinheiro! E mais consumidores. Como isso acontece? Simples. Empresas respondem uma simples questão: Quantos por cento você reservaria para tornar-se ecologicamente correta? A porcentagem maior recebe então o incentivo da Carrotmob.

Primeiro sofre uma análise completa do que precisa mudar. Então, depois de reconhecer seus problemas, as empresas recebem a recompensa - um monte de compradores em seu estabelecimento.
A K&D Market já foi a primeira beneficiada com esta iniciativa. Em março deste ano, recebeu aproximadamente 300 pessoas, gerando uma receita de mais de 9 mil dólares. Deste dinheiro 22% foram usados para tornar a loja mais amigável ambientalmente e mais eficiente energeticamente.

Gostei da iniciativa. Se ficou um pouco complicado para você entender, veja o vídeo(em inglês) da própria organização.

http://www.vimeo.com/925729


Retirado de: http://www.adme.com.br/

MacBook Air


Na Semana de Aniversário da C.R.I.A. UFMG Jr., a empresa e o curso de Comunicação Social da UFMG foram presenteados com algumas palestras bombantes. Uma delas foi com o Tiago Palhares da ATAKE Comunicação Alternativa. Além de contextualizar um pouco o atual momento da comunicação mundo à fora, Tiago também trouxe alguns exemplos muito bacanas de como usar a comunicação de forma estratégica, gerando visibilidade às marcas e, muitas vezes, tendo como base mídia espontânea.
Para a divulgação do novo MackBook Air, considerado o computador portátil mais fino do mundo, a Apple posicionou o equipamento de forma estratégica nas poltronas de aviões, substituindo a tradicional bandeja que costuma servir de suporte para comidas e notebooks. É justamente esse o diferencial da comunicação alternativa: abordar o consumidor nos momentos em que ele menos espera.


 
CRIA Plano © 2010 | Designed by Chica Blogger | Back to top