Repertório

Não ter repertório é uma coisa muito perigosa quando se trabalha em qualquer área. Ter jogo de cintura nem sempre significa uma saída ética e eficaz na hora que um problema grande surge, e repertório, com certeza, é uma arma muito mais eficaz.

Ter repertório significa conhecer, saber que existem muitas coisas, acumular boas referências. Conhecer sites que tenham conteúdos bacanas, lembrar-se de músicas que podem ser coringas em situações, conhecer experiências de vida, histórias, mesmo que vindas de livros ou filmes, enfim, quanto mais coisas interessantes conhecer, melhor munido em bloqueios criativos ou em situações em que o tempo está contra.

Mas uma coisa que eu tenho observado, convivendo com pessoas que se preocupam com esse tipo de acervo pessoal, é o surgimento de uma leva de chatos. Isso porque existe uma linha muito tênue que divide um repertório bem desenvolvido de uma sabedoria de almanaque. E sabedoria de almanaque, venhamos e convenhamos, é uma coisa bem tosca. Estou falando aqui daquelas pessoas que passam o olho sobre as coisas e se sentem especialistas credenciados e entendidos. Leram Dom Casmurro? Pronto, doutoraram-se em Machado de Assis. Assistiu um curta iraniano? Pronto! Virou cinéfilo! (já reparou a quantidade de cinéfilo que existe no mundo?).

Na dúvida, eu ainda acho (seguindo o raciocínio de um professor aqui da UFMG que eu já devo a até citado em algum momento, o Paulo Bernardo) que o melhor a se fazer é pensar sobre aquilo que está guardando no arquivo de repertório mental. Porque quanto mais agente pensa sobre aquilo que acabou de aprender, mais a gente consegue enxergar o tanto de coisa que tem no mundo para ser vista. Porque profundidade é coisa rara em tempos como hoje. Só lamento...

1 comentários:

Cíntia Tintin disse...

Ola Planejamento!!!!
Que lindo paty e eduardo!
Amei o textos de vcs.

Alias, eu sempre amo tudo que a Paty escreve!.
Bjso Cria!!!
Daqui usn dias to chegando!!

E viva o pensamento em profundidade!!

 
CRIA Plano © 2010 | Designed by Chica Blogger | Back to top