E o nome?

A empresa Lexicon é uma das maiores empresas do mundo, em dar nomes aos produtos e serviços de outras empresas. É isso mesmo! O que eles fazem é analisar um produto e dar a ele um nome atraente e memorável. Pode parecer algo bobo e simples, mas faz uma grande diferença, pois é através do nome que reconhecemos os produtos.

Você compraria um MegaMail? Pois é justamente o nome que a RIM queria dar ao seu BlackBerry, antes de ser lançado. E convenhamos, MegaMail só transmite ansiedade, muito diferente de uma amora silvestre (blackberry). E que tal um 586? Esse era o nome do quinto processador da Intel, que foi renomeado para Pentium, que mistura "penta"em latim com titanium, um metal resistente, leve e robusto. E o nome que foi usado por muitos anos e varias versões do processador, afinal, ninguém iria se empolgar com um 986, não é?

O próprio PowerBook, pai dos computadores que usamos já passou por esse processo, e com certo ceticismo da Apple com o nome. Mas no final, ele foi aceito, pois apesar de serem apenas duas palavras, quando estão juntas se tornam algo único, além de ser simples e direto. Outros nomes de sucesso da Lexicon incluem Swiffer, para a Procter & Gamble e Dasani, para a Coca-Cola.

E como fazer um nome de sucesso? Segundo David Placek, fundador da Lexicon, em entrevista para o The New Yorker, o ideal é que seja curto, fácil de falar e o som são muito importantes. O objetivo é procurar qual história o cliente que contar com o seu produto, e encontrar um nome que corresponda a espectativa.







3 comentários:

Débora Vieira disse...

Daniels, curti demais! o nome faz toda a diferença mesmo... =)

Poleti disse...

Amei o post, amei a Lexicon!

Malu disse...

Muito bacana! Vou pedir um estágio. hahahahaha

 
CRIA Plano © 2010 | Designed by Chica Blogger | Back to top